domingo, 26 de outubro de 2008

Belém!


Hoje tem fotos e novidades! EEEEEE!
Pois é. Instalei o software da câmera, tirei fotos e passei pro computador.
Vamos então aos acontecimentos.
Na sexta eu me reuni com o tutor e foi bem legal. Ele queria saber algumas coisas pessoais, como moradia, se eu estou bem instalada e também questoes financeiras, já que bolsas são raríssimas por aqui (que pena) e o tempo é curto pra trabalhar. Além disso, perguntou sobre as aulas, se estou gostando, se estou entendendo o português dos professores bla bla bla. Enfim, entramos no que interessa. Ele ficou interessado no meu trabalho sobre a língua indígena, Makurap, que eu mencionei na minha carta de apresentação. Eles realmente lembram e consideram o que a gente escreve naquela carta. No final das contas ele me deu uma lista de textos pra ler e fazer um ensaio de algumas páginas a partir da leitura. Ou seja, mais trocentas páginas pra ler.
Bom. No sábado, eu consegui terminar de ler um dos livros de Métodos de Antropologia. Mas fiz isso depois do almoço, no meio tarde. Antes não consegui, apesar de ter acordado cedo. Como só tinha eu acordada, a Ná dormindo e os outros 2 moradores da casa tinham saído, resolvi ocupar o tempo fazendo bolo de maçã, mas não tinha maçã :p Coloquei umas roupas pra lavar e desci pra comprar maçã no Pingo Doce. Aí fiz o bolo, a Ná acordou, a gente tomou café e comeu bolo quente. Tivemos visita pro almoço e os excelentes momentos de conversa pós refeição. Aí que eu fui ler e fiquei lendo até de noite.
Hoje, domingo, eu fui na igreja de manhã, e almoçamos em casa, só as 3 mulheres. Depois fui com a Ná na feira dos ciganos, aqui em Alfornelos mesmo. E como vcs podem ver, aquelas louças azuis que eu acho tão bonitas, aqui são super do dia a dia e baratinhas. Viu, Josi? Vende até na feira.
Comprei duas calças de 5 euros (ui, pechincha!) pra correr no frio. A ciganita falou que ia ficar boa e ficou mesmo :p Elas não enganam!
Quando a gente voltou pra casa, o Sid também tava chegando e propôs ( ou foi a Ná que propôs e ele só concordou??) um passeio à Belém. Eu juro que achava que era bem mais longe. Mas é ali do lado. Achei tão bonito. Quando a gente chegou tinha muito ônibus de turista. Estava uma fila gigantesca para comprar pastel de belém. E a fila pra conseguir uma mesa. Como a gente não tinha pressa, o melhor era caminhar, aproveitar o lugar e voltar depois. Mais tarde estava vazio, nem precisava mais esperar mesa, era só escolher. Experimentei o pastel de belém. Nem comendo 20 dá pra descobrir como faz. Viu, Júlia? É gostoso mesmo. E não enjoa.
Eu gostei muito de lá. E é mais um lugar pra eu voltar durante o dia e passar mais tempo. Não será trabalho nenhum.
Ah sim! Tenho 2 apartamentos pra olhar amanhã. Será q eu deles será o escolhido?
Até mais! :)

5 comentários:

Josiiita* disse...

xeeeeeeeenti
qta pobreza esses pratos
hahahaha
e eu bem achando que era uma coisa chic
:P
nota-se que eu entendo tudo de chiqueza msm

xuxuuuuu
tah linda nas fotos
finalmente vc instalou esse programa!
e aquela foto toda barbie?
[com o pézinho em cima da calçada]
muito linda, tá um espetáculo!

saudade [sempre, né]
bjo

Júlia disse...

Primeiro, os ciganos não são confiáveis não, minha vó sempre disse isso!! e segundo, duvido q vc tenha comido 20, então vai tentando!!! hehehhe!!
bjinhos xuxu!!

Carla disse...

Antes de mais, obrigada pela disponibilidade em responder às minhas perguntas sobre inglaterra! É importante saber a opinião de quem lá viveu, visto eu só ter estado lá 5 dias.

Agora pastéis de belém!!! Que delícia! Nunca me canso de comer e também não consigo descobrir o que eles têm...
Ainda bem que está a gostar, que tudo corra bem na sua estadia!

bjs

Chico Macedo disse...

oi, carla. tudo bom? meus pais tiraram foto nesse mesmo lugar do pastel de belém. a foto é bem parecida até - com a mesinha, azulejos ao fundo e os protagonistas: os pastéis.

beijo, chico.

Nysa disse...

também gosto muito de belém... e sempre que vou a portugal tem que ser um pastelinho de belém ;-) beijocas